Browse Category

Carreira

Como estudar fora do país: 3 Formas de fazer intercâmbio

Quem nunca sonhou em viajar pelo mundo conhecendo novas culturas, idiomas e pessoas. Se os seus planos são de realizar um intercâmbio, então esse artigo foi escrito para você.

Confira 3 formas de fazer intercâmbio fora do país

1.      Canadá: Um bom lugar para estudar

É o destino preferido pelos brasileiros. A principal razão para essa escolha é a facilidade de acesso ao país.

No Canadá é muito simples conseguir um visto, além de o país estar de portas abertas para receber estrangeiros para estudar, morar e trabalhar.

O que motiva muitos jovens a escolherem o Canadá como destino para o intercâmbio é a qualidade do ensino no país. Não é à toa que o país recebeu o título de “O país mais educado do mundo”.

2.      Austrália: Conhecer gente nova e trabalhar

O país é um excelente local para quem deseja conhecer pessoas de culturas diferentes.

Pela sua ótima infraestrutura e altos índices de qualidade de vida, pessoas do mundo todo escolhem a Austrália como destino para realizar intercâmbio.

A empregabilidade para estrangeiros também é muito grande no país que tem fama de ser receptivo e caloroso com os visitantes, empresas de vários segmentos oferecem oportunidades de trabalho para intercambistas.

3.      Estados Unidos:

Em busca do “sonho americano” – É claro que os EUA não poderiam ficar de fora da lista de melhores destinos para se realizar um intercâmbio.

O país tem as melhores universidades do mundo, além de possuir excelentes escolas para quem quer estudar inglês.

Outro fator relevante que atrai intercambistas do mundo todo, é que o país é um formador de tendências, na cultura, cinema, moda, sendo referência para quem deseja atuar nessas áreas.

Se você quer mesmo fazer o intercâmbio, faça um bom planejamento. Tenha clareza dos seus objetivos e avalie suas possibilidades.

Independente do destino que você escolher, uma coisa é certa, você jamais irá se arrepender de ter viajado.

Empréstimos para Autônomos: Como pedir empréstimo sendo autônomo?

Pedir um empréstimos para autônomos pode não ser uma tarefa fácil, já que esses profissionais tendem a não possuir uma renda fixa mensal.

Mas, é possível sim pedir um empréstimo sendo autônomo, até mesmo muitas financeiras oferecem modalidades de empréstimo exclusivas para esse perfil de cliente.

Veja abaixo como pedir um Empréstimos para Autônomos mesmo não possuindo carteira assinada.

Tipos de Empréstimos para Autônomos

Assim como qualquer empréstimo que você pede, o para autônomos também não pode comprometer mais de 30% da renda, por isso fique atento e sempre pesquise muito bem antes de fechar o contrato.

Empréstimo pessoal

Esse tipo de empréstimo não é o mais indicado para autônomos, já que como você não pode comprovar renda, os juros tendem a serem mais elevados, podendo chegar a 125% ao ano.

Empréstimo com garantia

Esse é um dos melhores tipos de empréstimos para autônomos, já que possui condições de pagamento diferenciadas, os juros são os menores e os prazos são bem longos.

Nesta modalidade, você pode garantir o pagamento com um bem de valor seu por meio de um contrato.

Microcrédito

O Empréstimos para Autônomos chamada microcrédito visa atender micro e pequenos empreendedores sem dinheiro para investir em negócio.

Esse tipo de empréstimo é uma oportunidade para reformar sua empresa, aumentar o capital de giro, sem precisar esperar anos para isso.

Como pedir um Empréstimos para Autônomos

Uma das maiores dificuldades para pedir um Empréstimos para Autônomos é comprovar renda sem possui um holerite, mas há três formas de fazer isso sem carteira assinada:

  • Apresentar de extrato bancário dos últimos três a seis meses.
  • Comprovante de Imposto de Renda (se for o caso).
  • Apresentar contratos e recibos de serviços prestados.

Viu, é possível comprovar renda mesmo sem carteira assinada e conseguir o seu Empréstimos para Autônomos.

5 Cursos para quem gosta de tecnologia

Você sempre foi antenado nas últimas tendências da tecnologia e tem facilidade em entender conceitos como robótica, programação ou como funciona a mecânica por trás de um aplicativo de sucesso?

A Tecnologia está cada vez mais em evidência em todos os aspectos da vida, e isso faz com que a oferta de cursos para quem gosta de tecnologia seja ampla, oferecendo um vasto cenário de atuação profissional.

Para te ajudar a se aprofundar nessa área de conhecimento, compilamos uma lista de 5 cursos para quem gosta de tecnologia, acompanhe!

Análise e Desenvolvimento de Sistema

Tem vontade de aprender a construir um aplicativo de celular? Essa é uma das coisas que o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistema permite, sendo ideal para quem gosta de tecnologia e, ainda por cima, trata-se de uma área com forte potencial de crescimento nos próximos anos.

Ciência de Computação

Linguagens de computação parece português para você? Você sonha em criar aplicações robustas para empresas e até mesmo criar uma rede social? Então experimente começar a pensar em cursar Ciência de Computação, um curso ideal para quem gosta de tecnologia e também curte descobrir novas formas de usar computadores.

Engenharia de Computação

O curso de Engenharia de Computação é voltado para quem gosta de tecnologia e seus periféricos físicos, como placas de drives e chips, sendo responsável por desenvolver novos equipamentos como computadores e smartphones.

Engenharia de Controle e Automação

Criar uma linha de produção em uma fábrica ou automatizar a escala produtiva de uma empresa é uma tarefa complexa, mas, se você gosta de tecnologia e tem curiosidade em entender esse processo, o curso de Engenharia de Controle e Automação pode ser um bom caminho a ser seguido.

Jogos Digitais

Gosta de tecnologia e curte entender os mecanismos por trás de um jogo de videogame ou smartphone, decifrando como é configurada a inteligência artificial deles, por exemplo?

O curso de Jogos Digitais é outro que está cada vez mais em evidência, e não irá te ensinar somente a criar jogos, mas também a criar mecanismos automatizados que podem auxiliar profissionais de outras áreas, como braços robóticos cirúrgicos.

Como você pode ver, existe uma ampla variedade de cursos para quem gosta de tecnologia, possibilitando que você explore ao máximo as engrenagens das novas invenções e sendo uma forma de você se aprimorar profissionalmente em uma área com demanda crescente.