Melhore os níveis de testosterona de forma natural

Os homens secretam uma substância chamada testosterona, que é o hormônio masculino por excelência. A testosterona é essencial e desempenha um papel fundamental na reprodução sexual (ocorre principalmente nos testículos) e em outros processos fisiológicos, como o crescimento da massa muscular. Manter os níveis adequados desse hormônio em nosso corpo é fundamental para a saúde.

Embora, presente em pouca quantidade nas mulheres, é predominante nos homens por atribuir as características femininas. Após os 30 anos de idade, esse hormônio começa a diminuir. Por esse motivo, é comum a procura por suplementos e até produtos, como o gel macho macho, para melhorar o desempenho sexual.

Mas, com algumas mudanças nos hábitos de vida, como exercícios e alimentação, regulam os níveis de testosterona e a produção do hormônio. Confira:

Não beba álcool

Sim, infelizmente, o álcool reduz nossos níveis de testosterona. Como consequência, nossos níveis de estrogênio aumentam e o zinco que nosso corpo é capaz de absorver diminui. Não enlouqueça por uma cerveja, mas o consumo regular e contínuo pode causar problemas sérios, e não só ao nível da testosterona.

Treinamento

Praticar o exercício físico não é fundamental apenas para prolongar a vida e melhorá-la, é também um dos responsáveis ​​pela manutenção de níveis ótimos de testosterona, especialmente no caso do treinamento de força, como demonstrado por estudos científicos rigorosos. Quem não se sente mais poderoso depois de um bom treino?

Sexo

Bem, isso é lógico. Quanto mais estimulados sexualmente somos, maior a produção de testosterona. Uma ereção simples eleva os níveis desse hormônio e os cientistas garantem que assistir a filmes com conteúdo adulto seja capaz de elevar essa substância em nosso corpo em até 40%.

Dieta equilibrada

Consumir alimentos ricos em zinco e magnésio em nossa dieta, embora também possamos obtê-lo através dos suplementos, é essencial para regular a produção de testosterona. Além disso, temos que consumir gorduras saturadas e monoinsaturadas, pois elas estão diretamente relacionadas ao aumento da testosterona.

Lembrando que é importante não restringir as dietas por longos períodos de tempo.

A importância do sono

A maior parte da testosterona (e hormônio do crescimento) é produzida durante o sono. Portanto, é lógico que ouvimos de vez em quando que “a hora de dormir é quando os músculos crescem”. Além disso, o sono insuficiente aumenta o risco de doença cardiovascular, e o sono é um fator fundamental de recuperação para grandes atletas, que são aconselhados a dormir até 9 ou 10 horas por dia.

Elimine sua gordura corporal

Quanto maior o seu percentual de gordura corporal, maior será o seu nível de estrogênio. Portanto, não é surpresa que os homens que têm mais músculos tenham níveis mais altos de testosterona. A gordura corporal contém uma enzima chamada aromatase que converte a testosterona masculina em estrogênio feminino, fazendo com que os níveis de testosterona sejam reduzidos.

Evite o estresse

Estresse significa cortisol, que, embora necessário para nosso corpo, é nosso inimigo se quisermos manter altos níveis de testosterona. Pratique alguma forma de meditação ou atividades que te deixe relaxado, isso pode ser muito benéfico para a saúde.


Deixe uma resposta